Minha Casa Minha Vida – Habitação Rural

Os projetos habitacionais da Caixa realizam mudanças incríveis na vida das pessoas. Se a mudança que você quer é viver na área rural com qualidade, é no Minha Casa Minha Vida Habitação Rural que você precisa focar seus esforços.

Ele contempla pessoas vulnerabilizadas do campo que não conseguem arcar com os custos do próprio imóvel. Sim! É para trabalhadores rurais, famílias, agricultores e comunidades de subsistência.

Neste artigo vou trazer mais informações para que você esteja um passo mais próximo de conquistar seu lar com o Minha Casa Minha Vida Habitação Rural.

Vantagens do Minha Casa Minha Vida – Habitação Rural

As vantagens do Minha Casa Minha Vida são estendidas a quem participa da versão rural. Por isso, informe-se a respeito do Cartão Reforma e Cartão Minha Casa Melhor se também forem de seu interesse.

Por meio do financiamento é possível ter as menores taxas de juros do mercado, que variam de acordo com a renda. A família também pode decidir se quer construir ou comprar uma casa na área rural e conta com o Programa Caixa de Olho na Qualidade, no qual se pode tirar suas dúvidas e resolver seus problemas.

Condições Minha Casa Minha Vida Rural

Viva a tranquilidade do campo com o MCMV Habitação Rural
Viva a tranquilidade do campo com o MCMV Habitação Rural

As regras para estar adquirir a residência e estar apto ao programa são:

  • Morar na área rural do município.
  • Medir até 4 módulos fiscais, exceto áreas indígenas e comunidades quilombolas.
  • Possuir vias de acesso, soluções para abastecimento de água, esgoto sanitário e energia elétrica.
  • As glebas dos beneficiários do grupo podem se situar no máximo em três municípios.

Requisitos do Minha Casa Minha Vida – Habitação Rural

Além disso, sua família precisa preencher alguns requisitos para participar do para contratar o financiamento. Por isso, agricultores familiares e produtores rurais devem ter uma renda bruta anual de até R$78.000,00.

Assim sendo, as famílias precisam ser ordenadas em grupos de 4 a 50 famílias. Todo esse processo deve ser organizado por uma entidade sem fins lucrativos.

Por fim, as famílias devem ser enquadradas em três grupos de renda, de acordo com o ordenado anual.

  • 1º Grupo: é constituído por famílias com renda anual de até R$17.000,00.
  • 2º Grupo: tem famílias com renda anual de R$17.000,01 a R$33.000,00.
  • Grupo: por famílias com renda anual de R$33.000,01 a R$78.000,00.

Como contratar o Minha Casa Minha Vida – Habitação Rural

Para contratar o financiamento do Minha Casa Minha Vida Rural , primeiro, sua família deve verificar se é preciso se cadastrar. Caso a renda anual seja de até R$33.000,00, vá até uma entidade organizadora sem fins lucrativos para fazer parte da formação de grupos.

É de responsabilidade da Entidade recolher e entregar a documentação de todas as famílias. Se a renda for superior ao valor informado, procure diretamente a Caixa Econômica com os documentos.

É sua oportunidade de ser um pequeno produtor com casa própria
É sua oportunidade de ser um pequeno produtor com casa própria

No primeiro caso, a entidade organizadora deve ser habilitada juntamente ao Ministério das Cidades e, em seguida, a contratação acontecem. Depois as propostas qualificadas serão protocoladas e passarão por uma avaliação.

No segundo caso, a documentação é avaliada pela Caixa e se houver alguma irregularidade, a Caixa entra em contato com a entidade organizadora. Por fim, depois que as propostas forem aprovadas, a família será chamada para assinar o contrato.

Documentação Minha Casa Minha Vida Rural

Está empolgado até aqui? Veja quais são os documentos solicitados:

Agricultor familiar

Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP para comprovar a condição de agricultor familiar e apuração de renda.

Trabalhador Rural

Apresentação de carteira de trabalho e os três últimos contracheques ou Declaração emitida pelo sindicato de trabalhadores rurais de que o proponente participe informando a renda bruta anual, a atividade que exerce.

É preciso ter firma reconhecida em cartórios nos documentos, como: declaração emitida pelo empregador informando a renda bruta anual, com firma reconhecida em cartório, comprovante de proventos do INSS, se aposentado de caráter permanente como trabalhador rural.

Comunidades Tradicionais

Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP para enquadramento e apuração de renda. Todos os documentos e formulários devem ser apresentados em via original, com as respectivas cópias.

Minha Casa Minha Vida Rural

Agora você já conhece mais sobre o Minha Casa Minha Vida Rural e pode separar a documentação necessária para ter acesso a casa própria. Lembro que todas as informações aqui apresentadas estão alinhadas com o site da Caixa Econômica.

Se você deseja obter maiores informações sobre o financiamento recomendamos que vá até uma agência da Caixa em seu município ou entre no site www.caixa.gov.br.

Vale a pena compartilhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo