Sorteio Minha Casa Minha Vida – Como Funciona

Compartilhar é se importar!

Muitas famílias brasileiras sonham em sair do aluguel, participar do sorteio minha casa minha vida e realizarem o sonho da casa própria. Mas, na contramão deste desejo, os preços dos imóveis estão cada vez mais altos. Por isso, houve um aumento considerável na busca por recursos e alternativas para a compra de propriedades.

Uma das alternativas mais populares e garantidas é o financiamento da compra do imóvel próprio.

Resultado de imagem para minha casa minha vida

Para famílias com renda de até R$6.500, a forma mais vantajosa para obter financiamento de um imóvel é o Minha Casa Minha Vida, que facilita as condições de parcelamento, especialmente para quem tem menor renda.

Entenda melhor como participar do Programa Minha Casa Minha Vida:

INSCRIÇÃO

A inscrição para o Minha Casa Minha Vida é bem simples, mas alguns pontos devem ser observados. As Faixas 1 e 1,5 possuem regras diferentes das Faixas 2 e 3. Entenda melhor:

Regras para Inscrição no Minha Casa Minha Vida

Para se inscrever para as Faixas 1 e 1,5 (Renda até R$2.350):

Sendo assim é preciso fazer um cadastro na prefeitura, entidade organizadora ou governo local. Procure a Secretaria de Habitação da sua cidade para se informar. A princípio, basta comparecer ao local com documento com foto.

Famílias que recebem outros benefícios como o Bolsa Família já estão no Cadastro Único, o que facilita o processo.

Para as Faixas 2 e 3 (Renda de R$2.351 a R$6.500):

Em suma não é necessário fazer inscrição! Basta consultar a Caixa Econômica, o Banco do Brasil ou um Agente Imobiliário que vai explicar as condições de financiamento que se aplicam ao seu caso.

Lembrando que as famílias com renda até R$2.350 devem estar sempre atentas ao início do cadastro do Minha casa Minha Vida junto ao governo e entidades da sua região. É recomendável acompanhar as notícias da sua cidade e consultar todas as fontes possíveis para estar sempre atualizado sobre o programa e não perder a inscrição.

Regras após ser Contemplado no Programa no sorteio minha casa minha vida

Quem quer receber os benefícios deve seguir alguns parâmetros estabelecidos pelo Governo Federal. De forma geral, há as seguintes condições:

  • A prestação do financiamento não pode ser maior que 30% da sua renda familiar mensal do titular
  • Sua renda familiar bruta deve ser até R$ 6.500,00 por mês
  • O imóvel deve ser utilizado para a moradia do titular
  • O titular do financiamento não pode possuir imóvel financiado (mesmo que quitado) em seu nome
  • Não é possível financiar imóvel para moradia de terceiros
  • O titular das prestações não pode ter utilizado FGTS para financiamento nos últimos 5 anos
  • Não é permitido vender seu imóvel antes do fim do financiamento
  • O titular do financiamento não pode ter restrição de crédito (somente para faixas 2 e 3)
  • O imóvel necessariamente precisa estar situado no mesmo local da atual residência ou trabalho. Ou então de onde pretende trabalhar ou morar.
  • A idade do proponente mais velho juntamente com o prazo do financiamento não pode exceder 80 anos, 05 meses e 29 dias

DOCUMENTOS para sorteio minha casa minha vida

Portanto a sua inscrição no minha casa minha vida e para que você não tenha nenhum tipo de problema na hora da inscrição, é bom lembrar que os documentos necessários são:

  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Comprovante de renda dos últimos 6 meses
  • FGTS
  • Cópia da CTPS (Carteire de Trabalho)
  • Declaração de Imposto de Renda – Pessoa Física
  • Comprovante de Estado Civil.

No caso dos trabalhadores autônomos, apresentar os extratos bancários e a declaração do imposto de renda do último ano pode servir como comprovação de renda

Com todos estes documentos em mão o processo fica mais fácil e é possível realizar a sua inscrição no programa sem problemas.

Lembrando que, como se trata de um programa subsidiado pelo governo, as normas são rígidas e se deve comprovar tudo da forma mais clara possível para que a aprovação seja rápida e não aconteçam entraves maiores.

SORTEIO MINHA CASA MINHA VIDA

A grande procura pelo Minha Casa Minha Vida, especialmente na Faixa 1, que precisa de cadastro junto ao governo, fez com que o período de espera se tornasse muito grande.

Para resolver essa situação foram organizados os sorteios Minha Casa Minha Vida.

O sorteio minha casa minha vida é realizado para distribuir imóveis para famílias das Faixas 1 e 1,5 – ou seja, de baixa renda. Ele é realizado pelo governo e outras entidades organizadoras entre as famílias cadastradas junto aos órgãos representantes.

Após o sorteio, a prefeitura divulga uma lista com o nome dos contemplados que receberão um imóvel com alto subsídio do governo. Estas pessoas recebem uma carta com um convite enviado pela prefeitura.

Em conclusão na carta, o sorteado é chamado para comparecer a uma reunião onde serão tratados todos os assuntos importantes para dar continuidade nos processos do programa e realizar a compra da sua casa.

Direitos e Deveres do Minha Casa Minha Vida

Conheça todos os direitos e deveres do programa Minha Casa Minha Vida, como por exemplo:

  • É possível perder o imóvel com o atraso de 1 ou 2 parcelas;
  • Seguro para morte do comprador e perda de emprego são obrigatórios;
  • O contrato prevê correção mensal do saldo devedor.

Compartilhar é se importar!

Participe da discussão

1 comentário

  1. Eu fiz o cadastro aí depois chegou uma carta falando que era pra mim comparecer com todos os documentos eu fui mais chegando lá na prefeitura municipal de parnaíba pi eles só mim fizeram caminha mim enganarão várias vezes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *